Acervo

Lasar SEGALL

Obra - Mulheres errantes, 1919

xilogravura, 16 x 12 cm

Obra comentada
Transcirção de documento assinado por Pietro Maria Bardi (original na pasta da obra):
"Gravura original publicada na revista '1919', Neue Blätter für Kunst und Dichtung, ano 1919, n. 2, em Dresden. No mesmo número da revista está um artigo sobre Lasar Segall de Will Grohmann com a ilustração.
A tiragem da xilogravura é direta da chapa de madeira, e em minha opinião muito rara, pois a revista '1919' teve curta duração e pouca tiragem. São Paulo, 19 de maio de 1967"

Existe uma 2ª versão - Irrende Frauen II Fassuug -, também xilogravura, de Mulheres errantes, de 1920, conservadas no Museu Lasar Segall e no Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo/Coleção Mário de Andrade. Ver reprodução em:
BATISTA, Marta Rossetti; LIMA, Yone Soares de. Coleção Mário de Andrade - Artes Plásticas. 2ª ed. rev. e ampl. São Paulo: Instituto de Estudos Brasileiros da Universdiade de São Paulo, 1998, p. 218.
Matrizes do Expressionismo no Brasil: Abramo, Goeldi e Segall. Rio de Janeiro; São Paulo: Paço Imperial; Museu de Arte Moderna de São Paulo, 2000, p. 67.
Participação em exposição
Leilão de Arte Contemporânea
Hospital Israelita Albert Einstein - São Paulo - Brasil
1967/Ago a 1967/Ago

Acervo da Fundação Nemirovsky: O Olhar do colecionador
Estação Pinacoteca (29) - São Paulo - Brasil
2009/Jul a 2009/Out